Diabetes

Diabetes – ‘falta de tempo?’

Tempo é um bem precioso

Loading Likes...

TEMPO – É UM BEM PRECIOSO

Olá pessoal, faz tempo que não apareço e vamos justamente falar sobre nossa ”falta de tempo”.
Precisamos saber utilizá-lo melhor, porque quando você se dá conta, especialmente pessoas com doenças crônicas, o tempo é ainda mais precioso porque as atitudes que você deveria tomar, como procurar seus médicos endocrinologista,oftalmologista, cardiologista, exames laboratoriais e tantos outros, dependendo de cada caso, e você não o fizer, poderão estar sujeitos a ter problemas sérios.

Diabéticos que perdem a visão, que tem que fazer amputações,neuropatia com muitas dores, principalmente nas pernas, AVC e Infartos, se tiverem uma diabetes minimamente compensada, estão menos propensos a passar por essas dificuldades graves e doloridas.

Sou diabética há mais de 51 anos e faço meus exames a cada seis meses e na sequência marco minhas consultas. Sendo assim se algo novo aparece, trata-se no início e logo se está bem.

Creio que há pessoas que acham que não é necessários ter esses cuidados e vão adiando por preguiça o o famoso “falta de tempo”.

Em verdade quanto mais tempo temos, mais produzimos!

O tempo que temos deve ser bem aproveitado. Eu fiz assim e deu super certo.

Sou casada há 53 anos, tenho duas filhas e dois netos, trabalhei por 41 anos como secretária pedagógica e fui atleta do Tiro com Arco por 26 anos. Viajei por vários países, participando da Equipe Olímpica, e a Diabetes jamais me impediu de levar essa vida super ativa.

Em verdade a gente se atola de problemas, no meu caso, me envolvo demais, e às vezes eles nem são meus. Com isso minha glicemia sobe e desce como uma gangorra!

Imaginem se existisse uma mágica que nos fizesse separá-los por importância. Creio que seria mais fácil ir resolvendo aos poucos. Os pequenos primeiros, e os maiores com a cabeça já mais leve.

Façam o possível para não se envolverem tanto, pois isso faz um mal danado para nossa saúde.

Fácil? não é!

Mas vale a pena tentar.

Se consegui? bem essa é uma outra história que fica para uma próxima vez

Tags

Milla Strafacci

Cada indivíduo tem a sua própria experiência e estilo de vida, a saúde de cada um também pode impor a maneira que as pessoas vivem. Tenho Diabetes Tipo I há 51 anos. O Diabetes me levou a um estilo de vida saudável guiado pelo esporte e foi assim que percebi que poderia levar uma vida plena, cheia de conquistas, No meu caso ter sido atleta e ter sempre que superar meu próprios limites foi um enorme incentivo pessoal e para minha vida com a diabetes! Outros tipos de acometimentos podem levar a outros estilos de vida e a experiências muito ricas que podem servir de inspiração àqueles que estão iniciando os primeiros passos na luta para se manterem saudáveis quando se deparam com a descoberta de algum mal em sua saúde que leve à mudanças de vida. Neste espaço compartilho algumas dessas conquistas e convido vocês a compartilharem suas conquistas também.

Artigos relacionados

Veja Também

Fechar